Home   CONSERVAÇÃO/RESTAURAÇÃO

CONSERVAÇÃO/RESTAURAÇÃO

421
“Em busca da arte perdida”
Conservar para não restaurar. Fala-se muito em restauração, mas o correto é conservação.
Restaurar é completar – uma lacuna – mas o objetivo não é este, e sim conservar o estilo original da obra, o seu tempo histórico, localizá-lo geograficamente na sociedade onde viveu seu criador. A restauração, no sentido mais sadio, é recuperar o que ainda existe de original na obra.
Todo restaurador é necessariamente um cirurgião, e o rigor técnico deve sobrepujar a ânsia de acelerar o trabalho, para evitar o perigo de prejuízo para seu resultado final.
Figuras esculpidas, pintados e repintados com ingênuas tintas, tornam-se preciosas nas mãos de um restaurador. Obras veladas sob camadas de tintas redescobrem seus personagens, e a identidade perdida se recupera, uma imagem feia se torna bela…renasce uma obra de arte!
DSC01892

conservação

Everson Bonazzi
Conservador/Restaurador