Home   Cultura   Engenho Central abre, na próxima terça, 29, exposição “Crianças: Ontem…Hoje…”

Engenho Central abre, na próxima terça, 29, exposição “Crianças: Ontem…Hoje…”

VOU TE CONTAR. Créditos: kit ‘SWEET TWEET’ e ‘GARDEN OF WHISMY DOODLES’ by KASIA DESIGNS / Foto: Adriana Outeiro, 2010

A arquiteta e fotógrafa piracicaba Adriana Outeiro, abre, na próxima terça-feira, 29 de maio, no Armazém 14A do Engenho Central, a exposição ‘’Crianças: Ontem… Hoje…”. A entrada é gratuita. A mostra é correalizada e conta com apoio da Secretaria Municipal da Ação Cultural.

A exposição reúne 72 imagens em suporte fotográfico no formato 20cm x 30cm, explorando a mescla da imagem fotográfica (elemento central do campo visual) com elementos gráficos, textos, texturas, filtros e recursos de Photoshop na criação dos novos produtos, utilizando a técnica de scrapbooking digital. A mostra se divide em seis temas (’Brincadeiras e Diversão’, ‘Bebês’, ‘Meninas’, ‘Meninos’, ‘Família’ e ‘Praia’), que foram percebidos como elementos comuns durante o processo de produção. O conjunto final reúne composições sobre o universo da criança, num trabalho simultâneo de fotos antigas (arquivos pessoais do período de 1900-1940), e atuais de própria autoria.

RELAXANDO.Créditos: OVERLAY by KATIE PERTIET e PHOTOSHOP / Foto: autor desconhecido, 1902

Esses períodos tão distintos se conectam visualmente através das explorações técnicas, na composição e no grafismo. No resultado final, o tempo se anula: crianças serão sempre crianças”, afirma Adriana Outeiro
 

Adriana Outeiro

Adriana Outeiro

Adriana se formou em Arquitetura e Urbanismo pela USP/São Carlos em 1990, e atua em escritório próprio nas áreas de arquitetura e design. Fotografa desde 1998, com vários cursos e oficinas realizadas. Em 2000, quando conheceu o scrapbooking artesanal, se apaixonou pela técnica que aliava a fotografia ao design gráfico, passando para o scrapbooking digital em 2009, onde os recursos do software Adobe Photoshop ampliaram esta exploração gráfica.

Origem do Scrapbooking

 O scrapbooking surgiu como um método para a preservação da história pessoal e familiar. Typical

A partir do século XV, surgiram na Inglaterra cadernos como forma de compilar informações, que incluíam receitas, citações, cartas, poemas e outros. Each commonplace book was unique to its creator’s particular interests.Friendship albums became popular in the 16th century.Starting in 1570, it became fashionable to incorporate colored plates depicting popular scenes such as Venetian costumes or Carnival scenes.Estes álbuns muitas vezes continham lembranças de viagens e recordações locais. As meninas nos séculos XVIII e XIX compartilhavam as suas habilidades literáriaspreviously not readily available to them. através dos álbuns de amizades e anuários escolares, permitindo um registro personalizado.

O advento da fotografia moderna começou com a primeira fotografia permanente, criadaem 1826 por Joseph Nicéphore Niépce.  Com a invenção de George Eastman da fotografia no papel no final de 1880 e a produção em massa da Kodak Brownie em 1900 (uma câmera projetada para ser simples e barata), as pessoas começaram a incorporar fotografias em seus scrapbooks.

Enquanto algumas pessoas preferem o scrapbooking artesanal pela fisicalidade dos artefatos, o scrapbooking digital tem crescido em popularidade nos últimos anos, pela maior diversidade de materiais, menor impacto ambiental, redução de custos, facilidade de compartilhar páginas na internet e o uso de softwares de edição de imagens para experimentar a manipulação de elementos de várias maneiras.
 SERVIÇO

Abertura da Exposição “Crianças: Ontem…Hoje…”, com trabalhos de Adriana Outeiro. Terça-feira, 29 de maio, no Armazém 14 A do Engenho Central (avenida Maurice Alain, 454, Parque do Engenho Central). As visitações acontecem até o dia 10 de junho, de terça-feira a domingo das 9h às 17h. Entrada gratuita. Para mais informações, o telefone é (19) 3403-2600.

 

One Comment

  • Susy

    O que dizer de uma pessoa tão talentosa e amável com um olhar para tudo que é belo e bom!graças ao dom dado pelo Senhor Deus tem feito trabalhos maravilhosos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*